SBP lança curso EAD gratuito em Genética Clínica para associados adimplentes -


A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), em parceria com a GeneOne, laboratório de excelência genômica da DASA e a Editora Manole, lançará nesta quarta-feira (14) curso de ensino a distância (EAD) em Genética Clínica. A ação reitera o propósito das instituições em compartilhar conhecimentos e atualizar pediatras e residentes da especialidade, com foco nos benefícios gerados às crianças e adolescentes. As aulas são inteiramente gratuitas, 100% online e estão disponíveis somente para associados adimplentes com a SBP.

EM BREVE, FAÇA AQUI A SUA INSCRIÇÃO GRATUITAMENTE.


“O conhecimento em genética tem avançado a passos rápidos em muitas áreas da medicina, ampliando a interlocução com várias especialidades e promovendo o desenvolvimento de exames mais precisos, com benefícios direto para a população”, frisa a presidente da SBP, dra. Luciana Rodrigues Silva.

“Além disso, a ideia de produzir o curso é devido ao pequeno número de geneticistas espalhados pelo País, dificultando o acesso dos pediatras com médicos da área de genética. A somatória desses dois fatores fez com que o pediatra geral tenha dificuldade de acompanhar as grandes evoluções, as implicações e a qualidade de atendimento que pode propor para muitos de seus pacientes que têm doenças de causas genéticas”, complementa um dos coordenadores do curso e também presidente do Departamento Científico de Genética da SBP, dr. Salmo Raskin.

MÓDULOS – O curso – que também é coordenado pela dra. Natasha Slhessarenko – conta com professores e pesquisadores experientes na área que irão ministrar aulas detalhadas e informações que enriquecerão a prática clínica dos pediatras. Composto por quatro módulos, totalizando 20 aulas, abordará temas, como estudo das anomalias congênitas; erros inatos do metabolismo; principais síndromes genéticas; exames de genética lançados últimos anos e capacidade de diagnóstico; entre outros.

Os temas também englobam o aconselhamento genético dos pais que têm filho com doença genética para que compreendam se é ou não uma doença hereditária e o risco de recorrência. Ainda haverá aula sobre como prevenir, dentro do que é possível, o aparecimento de doenças genéticas.

“A escolha dos temas abordados foi feita sob a ótica do pediatra. Isso é muito importante, pois não se trata um curso para o geneticista, mas voltado ao pediatra que possui pouco conhecimento em genética e que quer saber desde os princípios básicos até as etapas mais atualizadas da genética. Esse olhar do lado do pediatra é o grande diferencial deste curso para fazer uma diferença na qualidade do aprendizado”, destaca dr. Salmo.

FUNDAMENTAL – O coordenador ressalta que a participação dos pediatras é muito importante, pois 75% das doenças genéticas se manifestam na infância. Para ele, é fundamental que o profissional esteja bem treinado nas causas das principais morbidades de doenças que levam à mortalidade infantil.

“O perfil epidemiológico da mortalidade infantil no Brasil mudou muito nos últimos vinte anos e as anomalias congênitas e as doenças genéticas são apontadas como a principal causa de morte na infância. Nesse contexto, no mínimo 4 a 6% dos casos dos pacientes pediátricos terão anomalias congênitas, que são, em grande parte, de origem genética. Isso sem falar nos casos de deficiência intelectual, que hoje também são, em sua maioria, reconhecidamente por causas genéticas. Por isso, é fundamental que os pediatras brasileiros participem deste curso tão importante para o seu desenvolvimento profissional”, finaliza dr. Salmo.

Leia mais: https://www.sbp.com.br/imprensa/detalhe/nid/sbp-lanca-curso-ead-gratuito-em-genetica-clinica-para-associados-adimplentes/


Leia Também:

Anterior:

Próxima: