Outono/Inverno 2019 promete colares alongados e foco em visuais minimalistas -


Quando as temperaturas começam a cair, e o frio vem se aproximando, as tendências e inovações da moda para o Outono/Inverno começam a aparecer nas joias e acessórios. Para o ano de 2019, junto aos visuais minimalistas e as formas criativas de cada acessório, o período também será marcado pelo retorno das gemas opacas, como a Malaquita, o Lápis Lazuli, o Onix e a Madrepérola em lapidações planas.

A consultora em design e tendências, Márcia Croce, que ministra cursos e palestras na Associação do Comércio de Joias, Relógios e Óptica do Rio Grande do Sul (Ajorsul), explica quais peças deve-se escolher na hora de ressaltá-las, para que elas não desapareçam em um look mais agasalhado.

– Os acessórios combinam com qualquer estação, isso é um fato, mas é preciso saber a hora de escolher entre peças delicadas ou de maior impacto. Por isso, com roupas mais pesadas, deve-se optar por anéis impactantes, com pedras coloridas, tamanhos amplos e que combinem com as cores da sua produção. Os brincos podem ser poderosos e vão muito bem com os cabelos presos e blusas de gola redonda – comenta a consultora.


Para manter o alto grau de sofisticação, a aposta está na utilização de acessórios marcantes, não numerosos, mas singulares e notáveis.

– Uma boa pedida são as sobreposições, com colares mais finos e discretos por cima de uma blusa de gola role , ficam muito elegantes e caem bem nos dias frios – sugere Márcia.

A consultora indica que para o Outono/Inverno 2019 teremos uma estação com diversas peças tendo diferentes versões e dando pluralidade e originalidade a cada usuário.

– Acredito que cada um poderá encontrar o que se enquadra melhor em seu estilo, como os brincos pequenos trabalhados dentro de um visual mais minimalista , as pulseiras surgindo em apostas irreverentes, com tamanhos amplos, texturas valorizadas, formatos que trabalham a assimetria e recortes. Os anéis, por sua vez, despontam com modelos mais elaborados , amplos e trazendo pedrarias com volumes nas construções – aposta.

Por fim, Márcia lembra que, além de observar as tendências e estilos, cada um deve escolher as peças que mais se identifica.


Leia Também:

Anterior:

Próxima: