Axur divulga lista dos cinco sites com mais vazamentos de dados pessoais -


A Axur, líder em segurança digital no Brasil, acaba de liberar um levantamento sobre os cinco principais sites em que acontece a publicação de dados vazados. Em primeiro lugar, está a plataforma de hospedagem de arquivos Pastebin (17,3%), seguida pela rede social Facebook (17%) e pelos sites de compartilhamento de documentos Docplayer (7,91%), Github (5,58%) e Teliam.net (4,9%).

Nos sites de hospedagem de arquivos, é comum os usuários compartilharem documentos que contêm dados sensíveis como CPF, endereço e dados bancários. Além disso, a Axur detectou listas produzidas por hackers contendo dados sensíveis de diversas pessoas. Algumas dessas listas são publicadas também no Facebook, onde o vazamento geralmente ocorre em grupos fechados criados para a comercialização de dados hackeados.

Para o CEO da Axur, Fábio Ramos, “A possibilidade de publicar um grande volume de dados anonimamente, como é o caso do Pastebin, ou de criar um perfil falso no Facebook, permite que os cibercriminosos trabalhem com a garantia de que não serão punidos”. Em alguns casos, o vazamento de dados pode acontecer mesmo sem uma motivação criminosa. No site Docplayer, o principal problema é exposição de dados sensíveis, como apresentações institucionais e documentos internos de empresas, o que pode acontecer por descuido dos funcionários ou falta de treinamento para as práticas de segurança da informação. Segundo Fábio, “pode ser uma falha de empresa ou mesmo um resultado da falta de comunicação das políticas de segurança.


O relatório foi feito a partir dos sites com mais solicitações de remoção do conteúdo nos últimos dois anos através da plataforma da empresa, o Axur One. O Brasil é o país com maiores chances de ter vazamentos de dados, segundo o 2018 Cost of Data Breach Study da IBM, que chegam a custar para o país, em média, um total de US$1,24.

 

Lei geral de proteção de dados

De acordo com a Lei geral de proteção de dados, sancionada agosto do ano passado, dados pessoais são quaisquer informações relacionadas a pessoas naturais identificadas ou identificáveis. A lei, que entra em vigor em 2020, define que coletar e divulgar dados pessoais pode gerar multa de até R$ 50 milhões para o responsável pelo vazamento. Além disso, a lei indica pelo menos 35 exigências para as empresas lidarem com possíveis vazamentos de dados, como a abertura de um canal de atendimento ao consumidor, e a criação o cargo de DPO – Data Protection Officer.

A Axur indica que as empresas utilizem ferramentas que monitorem permanentemente dados associados a seu ambiente interno, seus clientes e funcionários para identificar rapidamente quando houver uma exposição. Quando houver vazamentos, é importante sempre comunicar aos clientes, funcionários e demais públicos interessados, com o objetivo de minimizar o impacto nas pessoas afetadas e evitar que o incidente gere um dano maior à imagem da empresa.

 

Sobre a Axur

A Axur é a empresa líder em monitoramento e reação a riscos digitais na internet, com foco em preservar a valiosa relação de confiança entre as empresas e seus públicos. Conta com tecnologia de ponta e uma infraestrutura global de monitoramento usando machine learning para riscos como: uso abusivo de marca, apropriação de identidade, phishing, aplicativos fraudulentos e vendas não autorizadas. Isso significa proteger o consumidor ao longo da sua jornada de compra, assim como em toda a experiência com os pontos de contato digitais das marcas. A Axur atende marcas globais nos segmentos de aviação, mídia, serviços financeiros, varejo online, seguros e fintechs monitorando a presença digital. Para mais informações, visite axur.com e conheça o blog blog.axur.com.


Leia Também:

Anterior:

Próxima: