Velactis, da Ceva Saúde Animal, diminui em 100% os casos de estresse por excesso de leite no período seco, diz Pedro Sousa, gerente da Fazenda Cobiça -


A Fazenda Cobiça (Três Corações, MG) está entre os maiores produtores de
leite do Brasil. São 960 vacas em lactação e 30 mil litros por dia – médias
superiores a 31 litros/vaca/dia. “Como em toda fazenda leiteira, nosso
desafio é fazer a secagem correta das vacas, com bem-estar e conforto, para
a retomada da lactação em plenas condições. Para isso, contamos com
Velactis, da Ceva Saúde Animal”, afirma estudante de agronomia e gerente da
fazenda, Pedro Sousa.

A Cobiça utiliza Velactis no protocolo de secagem das vacas desde 2018. Os
resultados são visíveis. “Foi muito importante usar Velactis. Ajuda no
bem-estar animal e no conforto das vacas no período de transição. Trouxe
benefícios para a fazenda, como a saúde animal. As vacas passaram a
descansar no período correto, dando tempo para a glândula mamaria voltar a
ter 100% de saúde. É muito gratificante usar o produto e ver o ganho na
produtividade”, conta Pedro Sousa.

Entre 20% e 40% de vacas apresentam vazamento de leite após o processo de
secagem e muitos produtores nem percebem. Esse problema pode levar a mais
mastites na lactação subsequente e tende a ser maior nas vacas com maior
produção. A utilização de Velactis reduz drasticamente o vazamento
pós-secagem: experimentos indicam cerca de 80% ou mais de redução nas taxas
de gotejamento com a utilização do Velactis quando comparado com vacas sob
secagem convencional sem o uso do medicamento.


O gerente da Cobiça alerta sobre a importância do uso correto do produto.
“Não adianta mudar o protocolo de comida, restringir água e outras
necessidades básicas do animal. Tem que seguir da forma certa e o resultado
aparece”, conta Pedro Sousa.


Leia Também:

Anterior:

Próxima: