Ficou viúvo, entregou-se como sacerdote e hoje completa 100 anos -


Segundo o ACI Digital (04/06/2019), Pe. Probo Vaccarini é o sacerdote mais idoso da Diocese de Rimini (Itália) e celebra seus 100 anos neste dia 4 de junho. Um século de vida na qual se entregou no matrimônio, teve sete filhos e, quando ficou viúvo, decidiu servir à Igreja como sacerdote, uma vocação que também foi seguida por quatro de seus filhos.

A Diocese de Rimini (Itália) celebrou os cem anos de Pe. Probo Vaccarini com uma Missa na catedral, presidida por Dom Francesco Lambiasi, Bispo local.

Segundo informam diversos meios de comunicação locais, Pe. Probo é o sacerdote em atividade mais idoso na Itália e, há 31 anos, é pároco da igreja de San Martino em Venti, Rimini.


Nasceu em 1919 e, durante a Segunda Guerra Mundial, mudou-se para a Rússia. Quando retornou à Itália, visitou a cidade de San Giovanni Rotondo em várias ocasiões, onde se encontrou algumas vezes com São Pio de Pietrelcina, que o encorajou a ter “uma família santa e numerosa”.

Então, conheceu Anna Maria Vannucci, com quem foi casado por 18 anos e teve sete filhos; quatro homens e três mulheres. Em 1970, sua esposa morreu e ficou viúvo aos 51 anos de idade.

Foi então que sentiu o chamado para servir à Igreja mais intensamente, por isso, foi nomeado acólito e depois diácono permanente.

Mas havia algo a mais, e sentiu dentro dele a voz do Padre Pio, que lhe dizia: “Você será sacerdote”.

Enquanto amadurecia a sua vocação, três de seus filhos, Giovanni, Francesco e Giuseppe, entraram para o seminário e foram ordenados em 1979, 1981 e 1983. Depois de um período de discernimento, em 1988, Pe. Probo entrou na ordem sacerdotal. Pouco tempo depois, Gioacchino, seu filho mais novo, também entrou no seminário e foi ordenado sacerdote. Além disso, uma de suas três filhas é leiga consagrada.

Pe. Giuseppe Vaccarini, um dos filhos do sacerdote, explicou que seu pai sempre transmitiu a eles “a paixão pelo Senhor e por nossa mãe Maria, vivendo a vida cristã com entusiasmo e em dedicação plena, sem reservas”.

Atualmente, Pe. Probo mora com uma de suas filhas na casa da família e, há 31 anos, sem faltar nem um dia, celebra a Missa na paróquia a ele encomendada.

Fonte: https://www.acidigital.com/noticias/ficou-viuvo-entregou-se-como-sacerdote-e-hoje-completa-100-anos-50483

Leia mais: https://cleofas.com.br/ficou-viuvo-entregou-se-como-sacerdote-e-hoje-completa-100-anos/


Leia Também:

Anterior:

Próxima: