Buffett compraria mais ações da Apple se estivessem baratas -


Ele explicou a Berkshire Hathaway não aumentou sua posição na Apple, apesar dos papéis da gigante de tecnologia terem desabado 20% nos últimos meses

access_time 25 fev 2019, 16h41

São Paulo – O megainvestidor Warren Buffett afirmou nesta segunda-feira, em entrevista ao canal americano CNBC, que se as ações da Apple estivessem mais baratas, ele continuaria comprando.“Se fosse mais barato, compraríamos. Não estamos comprando aqui.” Disse ainda que quanto mais baixo o valor, melhor. “Obviamente, eu gosto disso. ”


Ele explicou a Berkshire Hathaway não aumentou sua posição na Apple, apesar dos papéis da gigante de tecnologia terem desabado 20% nos últimos meses. Com a desvalorização, a Apple caiu do valor recorde de 1 trilhão de dólares em valor de mercado para 821,57 bilhões de dólares.

Disse ainda que a redução no portfólio da Berkshire Hathaway foi uma decisão de TED Weschler ou Todd Combs, gerentes da companhia, visando um novo investimento. Já que ambos têm um valor limitado para investir.

Kraft Heinz

Na entrevista, Buffett também comentou sobre a Kraft Heinz, que desabou quase 20% na última sexta-feira, fazendo com que o bilionário perdesse 4,3 bilhões de dólares.

Para Buffett, a Berkshire Hathaway pagou um preço excessivo na fusão que criou a gigante de bens de consumo Kraft Heinz. “Pagamos demais pela Kraft. Eu estava errado de algumas maneiras sobre a Kraft Heinz.”

Entretanto, o megainvestidor disse ainda que a Heinz é um ótimo negócio, no sentido que usa cerca de US$ 7 bilhões de ativos tangíveis e lucra US$ 6 bilhões antes dos impostos. “Mas nós pagamos US$ 100 bilhões em ativos tangíveis. Então, para nós, é preciso lucrar US$ 107 bilhões, não apenas os US$ 7 bilhões que a empresa emprega”.

Carta anual

No último sábado, Buffett divulgou a sua carta anual aos investidores. Ele disse que está buscando “uma aquisição gigantesca”, mas não está muito otimista de que vai conseguir uma, já que os preços estão altos para os negócios que possuem boas perspectivas de longo prazo.

“Nos anos adiante, esperamos mover muito do nosso excesso de liquidez em negócios que a Berkshire comandará permanentemente. A perspectiva imediata para isso, contudo, não é boa: os preços estão muito altos para negócios que possuem boas perspectivas de longo prazo”, escreveu Buffett.

Leia mais: https://exame.abril.com.br/mercados/buffett-compraria-mais-acoes-da-apple-se-estivessem-baratas/


Leia Também:

Anterior:

Próxima: