Sociedade de Pediatria do RS debate aplicação da Telemedicina -


SPRS vê mudanças como inevitáveis, mas que exigirão um amplo debate no meio médico

A Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul (SPRS) recebeu de forma positiva a revogação da Resolução 2.227/2018 do Conselho Federal de Medicina (CFM) que definia diferentes formas de interação entre profissionais e pacientes, a chamada Telemedicina. O objetivo é que o tema seja melhor debatido, antes de ser colocado em prática.


Depois de uma grande repercussão nacional em cima do tema, o CFM anunciou nesta sexta-feira (22/02) a revogação da medida em virtude do alto número de propostas encaminhadas pelos médicos brasileiros de alterações e pelo alto clamor de inúmeras entidades médicas em todo o Brasil.

A posição da SPRS sobre o tema é de que é necessária uma discussão aprofundada para evitar que aconteçam prejuízos tanto para a classe médica como para a sociedade. Entre os fatores apontados como indispensáveis, na visão da SPRS, estão o de que os serviços sejam executados por instituições reconhecidas, profissionais devidamente habilitados e em ambientes controlados para que sejam asseguradas condições adequadas para o atendimento médico. Também há um consenso sobre a importância da preservação e segurança de dados dos pacientes. 

Leia mais: http://www.sissaude.com.br/sis/inicial.php?case=2&idnot=31960


Leia Também:

Anterior:

Próxima: