Healthtech com sede no Brasil e Canadá moderniza sistema do Hospital Santa Rita de SP -


Healthtech com sede no Brasil e Canadá moderniza sistema do Hospital Santa Rita de SP

A implantação da plataforma Athimos será uma importante aliada para transpor processos clínicos em papel para o meio digital, integrando o prontuário digital ao sistema de gestão hospitalar já existente


O Hospital Santa Rita de São Paulo inova e inicia uma nova etapa de modernização e digitalização dos processos clínicos. Esta semana, o diretor presidente do Hospital, Dr. Carlos Lichtenberger, assinou contrato com a plataforma Athimos, através da parceria da Clever Convergence com a WW8 Health Tech, empresa brasileira com sede no País e também no Canadá, para integrar o sistema de prontuário clínico eletrônico ao sistema de gestão hospitalar. “Com esta tecnologia de vanguarda, conseguimos preservar todo o investimento realizado na gestão do hospital nos últimos anos e dar mais agilidade, melhorar a comunicação e reduzir custos para qualificar ainda mais os processos da área clínica”, afirma Dr. Carlos Lichtenberger. 

“O Athimos será totalmente integrado ao sistema de gestão administrativa do Hospital Santa Rita, proporcionando agilidade na prática médica do hospital e garantia de assertividade envolvendo faturamento, logística de dispensação, prescrições, em um ambiente moderno e de acordo com as melhores práticas internacionais”, explica. “Estaremos no início de 2020 com toda esta tecnologia implantada e em pleno funcionamento no hospital”, destaca Lichtenberger. 

Serão beneficiados com este processo de modernização não só os médicos, mas também todos os profissionais de assistência, como enfermeiros, auxiliares, fisioterapeutas, nutricionistas, psicólogos. Além de simplificar e agilizar o fluxo de informações clínicas entre as equipes médicas e assistenciais, o Athimos elimina os custos relativos a impressões e interrompe o crescimento natural dos custos dos prontuários em papel. O sistema será implantado em cloud, o que reduz custos de infraestrutura, aumenta a segurança das informações, e permite o acompanhamento do paciente mesmo quando o médico não está presente na instituição. “É um salto de tecnologia e modernidade na informatização do hospital”, conclui Lichtenberger. 

A WW8, empresa gaúcha há 10 anos no mercado brasileiro, desenvolve sistemas voltados para a área da saúde, com o objetivo de facilitar a comunicação no ambiente hospitalar, nas clínicas e na relação entre os médicos e pacientes. Unindo experiência, tecnologia e inovação, a equipe é formada por médicos especialistas e analistas de sistemas. Atualmente, além da sede no Brasil, também está instalada no IBM Innovation Space em Toronto, no Canadá. 

Leia mais: http://www.sissaude.com.br/sis/inicial.php?case=2&idnot=31951


Leia Também:

Anterior:

Próxima: