PETROBRÁS ASSINA PARCERIA PARA DESENVOLVER NOVA GERAÇÃO DE PAINEL SOLAR FLEXÍVEL -


18. fev, 2019

Petrobrás, Oscar ChamberlainEnquanto sai de alguns setores importantes, como a área de refino, a Petrobrás tem mostrado interesse de participar mais do segmento de energias renováveis. A companhia assinou um termo de cooperação para formar uma parceria estratégica com o Centro de Inovações CSEM Brasil. O objetivo final é desenvolver um composto para produção de células fotovoltaicas impressas e flexíveis. O investimento da estatal será de R$ 23,77 milhões ao longo de 30 meses.

O composto em questão é o chamado “perovskita solar”, que tem uma estrutura cristalina com propriedades fotovoltaicas para utilização como filme na fabricação de células solares impressas e flexíveis. “Como uma empresa integrada de energia, não podemos deixar de olhar para uma das maiores tendências do setor. Quando consideramos as possibilidades de baixo custo e peso dos módulos flexíveis fabricados pelo processo de impressão, aliado à alta eficiência da perovskita, é fácil vislumbrar soluções de alto impacto para o mundo da energia de baixo carbono”, afirmou o Gerente Geral de Pesquisa e Desenvolvimento em Refino e Gás Natural do Centro de Pesquisas da Petrobrás, Oscar Chamberlain.


De acordo com a estatal, a tecnologia de aplicação desse material em filme fino ainda não existe em escala industrial, mas alguns estudos apontam que filmes com perovskita solar têm o potencial de atingir, ou mesmo ultrapassar, a um menor custo de produção, a eficiência dos atuais painéis solares rígidos de silício.

Leia mais: https://petronoticias.com.br/archives/125321


Leia Também:

Anterior:

Próxima: