Doenças mentais são a segunda maior causa de licenças de saúde para servidores públicos -


Doenças mentais são a segunda maior causa de licenças de saúde para servidores públicos

Na Secretaria Municipal de Educação de Porto Alegre, transtornos psicológicos são responsáveis por 40,7% dos afastamentos


Transtornos mentais ou comportamentais são responsáveis por 17,8% dos afastamentos de servidores da prefeitura de Porto Alegre.

Os dados foram publicados em um estudo elaborado no Programa de Pós-Graduação em Política Social e Serviço Social da UFRGS. O levantamento considerou a justificativa de licença médica de funcionários públicos da Capital nos últimos oito anos.

Os órgãos municipais que apresentaram maior número de licenças de saúde por transtornos mentais foram a Secretaria Municipal de Educação (40,7%) e a Secretaria Municipal de Saúde (23,7%).

A pesquisadora Eliana Bellini Pinto consultou o banco de dados do Departamento Municipal da Previdência dos Servidores Públicos do Município de Porto Alegre (Previmpa) e coletou informações referentes às licenças-saúde de municipários emitidas entre 2008 e 2015.

As mulheres pareciam ser mais afetadas pelas doenças, sendo responsáveis por 68,8% do total de licenças notificadas por transtornos mentais e comportamentais.

Em primeiro lugar, responsáveis por 19,8% dos afastamentos, ficam as doenças do sistema musculoesquelético e do tecido conjuntivo.  

Leia mais: http://www.sissaude.com.br/sis/inicial.php?case=2&idnot=31801


Leia Também:

Anterior:

Próxima: