AMBIENTALISTAS EUROPEUS CONSEGUEM BARRAR PROJETO DO GASODUTO TRANS-ADRIÁTICO -


24. jan, 2019

zxzzzVai ser  difícil construir o gasoduto Trans-Adriático levaria o gás natural do Mar Cáspio para a Europa. Tornou-se cada vez mais difícil obter aprovação destes projetos, tanto na Europa  como nos Estados Unidos e Canadá. Reguladores franceses e espanhóis rejeitaram um projeto de gasoduto de US$ 500 milhões que atravessa as montanhas dos Pireneus, após forte oposição ao empreendimento como um catalisador para o agravamento da mudança climática. O regulador francês disse que o projeto de interconexão “STEP” de US$ 502 milhões não respondeu às necessidades do mercado e não estava suficientemente maduro para obter autorização dos reguladores.

Especialistas do setor questionaram a necessidade de outro interconector, argumentando que os dutos já existentes nos Pireneus já estão subutilizados, mesmo em períodos de alta demanda. O anúncio acontece quando os projetos de gasodutos nos Estados Unidos e Canadá  enfrentam maior dificuldade em obter aprovação, já que os ambientalistas lutam para bloquear os projetos nos tribunais de Nova York.  Outros estados do têm questionado cada vez mais a necessidade de construir novos gasodutos. O grupo ambientalista radical  350.0rg  gostou da decisão  afirmando que serviria como um alerta para outros projetos de infraestrutura de combustíveis fósseis. “Por toda a Europa, estamos construindo um futuro livre de combustíveis fósseis“, disse Clemence Dubois, militante da 350.org, em comunicado. “Juntos, estamos tornando cada vez mais difícil para as empresas de energia suja construir seus oleodutos e impor um modelo destrutivo e desatualizado de negócios.”


Leia mais: https://petronoticias.com.br/archives/124004


Leia Também:

Anterior:

Próxima: