Mogherini: EAU são fortes aliados da União Europeia -


BRUXELAS–()–A Dra. Amal Al Qubaisi, oradora do Parlamento dos Emirados Árabes Unidos (EAU), liderou uma delegação de alto escalão ao Parlamento Europeu em Bruxelas, encontrou-se com Federica Mogherini, alta representante da União Europeia para Assuntos Estrangeiros, e debateu relacionamentos entre os EAU e a União Europeia (UE). A Dra. Al Qubaisi destacou a questão das três ilhas dos EAU ocupadas pelo Irã e convocou a resolução do problema por meio de negociações diretas ou arbitragem internacional.

Ela apresentou uma visão geral do papel dos EAU em esforços internacionais de combate ao terrorismo com o estabelecimento do Sawab Center e recebimento do Hedayah Center, e observou que 2019 é o Ano da Tolerância nos EAU. Ela elogiou a decisão do presidente dos EAU de elevar para 50% a representação de mulheres no parlamento.

Mogherini enfatizou a importância e a profundidade da cooperação e da parceria, e observou que a UE deseja fortalecer a cooperação com os EAU, que são valiosos aliados na luta contra o terrorismo e na conquista da segurança e da estabilidade. Ela considerou positivamente a abordagem adotada pelos EAU e sua mentalidade progressista em matéria de empoderamento das mulheres, igualdade de gênero, tolerância e coexistência.


Mogherini expressou o apreço da UE pelos esforços dos EAU para a estabilidade no Iêmen, observando que os EAU são fundamentais para assegurar um acordo político condizente com seus interesses de encontrar uma solução pacífica: “Nós apreciamos o papel dos EAU nessa matéria e também a ajuda oferecida a refugiados de diferente países”. Ela reiterou a importância da estabilidade para o retorno de refugiados.

Mogherini reforçou seu reconhecimento do papel da Líbia para garantir a estabilidade regional, bem como seus esforços para alcançar a paz entre as diferentes partes.

Mogherini observou que há uma cooperação significativa entre a UE e os países do Conselho de Cooperação do Golfo (CCG). Com relação à segurança, o acordo nuclear com o Irã é o melhor meio disponível para assegurar seu desarmamento. Ela acrescentou que a UE gostaria de ver o Irã mudar sua política externa e adotar uma política de não interferência nos assuntos internos de seus vizinhos.

A Dra. Al Qubaisi acrescentou: “A postura de não interferência dos EAU nos assuntos internos de outros países é diametralmente oposta ao apoio iraniano às milícias Houthis no Iêmen com armas e mísseis. Nós condenamos o movimento dos Houthis para impedir a ajuda humanitária de chegar aos iemenitas necessitados. Os EAU contribuíram com US$ 4,9 bilhões em ajuda humanitária ao Iêmen de abril de 2015 a dezembro de 2018”.

*Fonte: AETOSWire

O texto no idioma original deste anúncio é a versão oficial autorizada. As traduções são fornecidas apenas como uma facilidade e devem se referir ao texto no idioma original, que é a única versão do texto que tem efeito legal.

Leia mais: http://www.businesswire.com/news/home/20190108006099/pt/?feedref=JjAwJuNHiystnCoBq_hl-YDhAh-zilf1GVU1DOs1U3MvbV9k3XI06ZT_Enj6G3mVOKZXz2bZRmEQ1BwkpoG4oul5C1rkGQ_h4BkZ40LwsoN4gnxBSGiVu_qLafVdV0Iir9Z7ocWtaPN0o-yfYXD_fQ==


Leia Também:

Anterior:

Próxima: