UE sanciona Irã por planejar assassinatos de opositores em seu território


Duas pessoas e uma entidade vinculadas à inteligência iraniana tiveram seus ativos na UE congelados

Por EFE

access_time 8 jan 2019, 15h31

Bruxelas – A União Europeia (UE) sancionará os serviços de inteligência do Irã por supostamente estarem por trás de várias conspirações de assassinatos de opositores do regime em território comunitário.

Os sancionados seriam duas pessoas e uma entidade vinculadas à inteligência iraniana e cujos ativos na UE serão congelados a partir do momento em que as sanções entrarem em vigor, informaram fontes europeias à Agência Efe.

As sanções foram confirmadas no Twitter pelo governo dinamarquês, que liderou esta represália dos 28 países do bloco, depois que Teerã supostamente tentou assassinar três dissidentes em seu território.

“Muito encorajador que a UE estabeleça novas sanções contra o Irã em resposta às suas atividades hostis (…) cometidas na Europa”, afirmou o primeiro-ministro dinamarquês, Lars Lokke Rasmussen, na rede social.

A UE também considera que o regime iraniano participou do complô para realizar diversos assassinatos de opositores em solo holandês e francês.

Leia mais: https://exame.abril.com.br/mundo/ue-sanciona-ira-por-planejar-assassinatos-de-opositores-em-seu-territorio/


Leia Também:

Anterior:

Próxima: