4 ‘simpatias’ para turbinar a carreira em 2019 -


Fim de ano se aproximando e não há quem resista a uma simpatia para atrair prosperidade, não é mesmo? Comer lentilha na virada do ano, pular as famosas sete ondinhas na praia ou guardar sementes da romã na carteira são dicas que nunca saem de moda (e que não custam nada se manterem na tradição). Mas não é disso que vamos falar nesse post.

Brincadeiras à parte, esse é um excelente momento do ano para planejar o que você quer para a sua vida profissional em 2019. Por isso, Braulio Lalau de Carvalho, CEO da Orbitall, empresa do Grupo Stefanini, selecionou quatro dicas que acho fundamental para projetar a carreira.

1 – Faça uma retrospectiva

Para pensar no próximo ano é preciso fechar o atual. A vida profissional, assim como a pessoal, anda em ciclo. E isso é importante ser respeitado.


Então, faça uma retrospectiva de quais foram os pontos altos e baixos na sua carreira em 2018. Analise cada situação que não foi tão positiva e tente tirar uma lição dela (sempre há). Sobre o que foi muito bom, também procure entender quais as ações que foram fundamentais para levá-lo ao sucesso. É importante ter isso em mente para repetir (ou evitar) em outras situações.

2 – Defina metas

Inicie o ano novo com um planejamento da sua carreira. Assim como todo final de ano você precisa planejar as metas para a sua área, faça o mesmo para a profissão. Por exemplo, se você almeja um novo cargo, crie um plano de ação para conquistar a promoção ao longo do ano. Crie também novos desafios para você. É importante sair da zona de conforto. Se você não vai bem nas apresentações em público, por exemplo, coloque como desafio ter a iniciativa de conduzir as reuniões da sua área. É só assim que você vai evoluir.

3 – Atualize-se

Estamos vivendo uma nova era do mercado, onde a transformação digital faz parte de todos os setores. Além disso, cada vez mais as empresas falam de ganho de produtividade e mobilidade. Você não pode deixar de acompanhar as tendências. Busque por cursos na sua área. Se você é da área de projetos, por exemplo, estude mais sobre os modelos de gestão ágil.

4 – Reveja seus custos

Por último, mas também muito importante, sugiro que você reveja seus custos e faça um planejamento orçamentário para o próximo ano.  É preciso que seu salário se enquadre no seu custo de vida. Parece óbvio, mas conheço muitos profissionais que não conseguem equilibrar os ganhos com os gastos. Sem isso, a pessoa nunca consegue ver seu dinheiro render e isso traz uma constante insatisfação. Ou seja, não importa onde esteja trabalhando, mas se o orçamento não fechar no final do mês, dificilmente, terá a “recompensa” que busca.


Leia Também:

Anterior:

Próxima: