Embraer assina contrato com Air Kiribati para até 4 jatos E190-E2 -


Com entregas previstas para 2019, o E190-E2 possibilitará à companhia voar rotas mais longas do que as realizadas atualmente com os turboélices.

A Air Kiribati será a operadora de lançamento do E190-E2 na região da Ásia-Pacífico (excluindo a China). Este pedido ocorre após uma turnê de três semanas pela Ásia-Pacífico do E190-E2 com a pintura ‘Shark’, em outubro, que incluiu uma parada em Tarawa, capital do Kiribati. Abrangendo três fusos horários diferentes e composto por mais de 30 ilhas, o Kiribati é o único país no mundo a ter presença nos quatro hemisférios.

“Oferecemos nossas calorosas boas-vindas à Air Kiribati à família da Embraer. Trabalharemos em estreita cooperação com a companhia aérea para ajudá-la na transição da atual frota para o E190-E2 por meio do nosso amplo pacote de serviços e equipe de suporte de classe mundial na região”, disse César Pereira, Diretor para Ásia-Pacífico da Embraer Aviação Comercial. “Voar no Pacífico, sobre grandes extensões de água, requer alcance excepcional, desempenho e ampla capacidade de carga. A escolha do E190-E2 pela Air Kiribati reforça o reconhecimento do jato de corredor único mais eficiente do mundo e sua eficácia nessas condições. Isso permitirá que a companhia aérea melhore a frequência de voos e amplie a malha aérea.”

“Ficamos impressionados com o que vimos em outubro, quando o E190-E2 visitou o Kiribati”, disse Willie Tokataake, Ministro da Informação, Comunicação, Transportes e Desenvolvimento do Turismo do Governo de Kiribati. “Dado o impressionante alcance, menor consumo de combustível e de custos de manutenção, além de configuração de cabine dupla que oferece maior conforto aos passageiros em comparação a outros aviões da categoria, as capacidades do E190-E2 nos permitem melhorar a conectividade dentro e fora do país, impulsionando nossa nação à próxima fase de crescimento.”


Com um alcance máximo de até 2.850 milhas náuticas, o E190-E2 pode operar sobre a vasta extensão territorial de Kiribati, incluindo uma das rotas mais desafiadoras do Pacífico, de Tarawa direto para a Ilha de Kiritimati (Christmas), rota que atualmente inclui uma parada internacional em Fiji.

O E190-E2 faz parte da nova geração de aeronaves E-Jets E2 da Embraer, que pode acomodar de 70 e 150 passageiros. O E190-E2, especificamente, pode acomodar até 114 passageiros e foi o primeiro membro da família de E-Jets E2 a entrar em operação, em abril de 2018.

A Embraer está presente na região da Ásia-Pacífico desde que o primeiro Bandeirante foi entregue, em 1978, na Austrália, e desde então fornece suporte e serviços abrangente para aeronaves baseadas no país e na região do Pacífico.

A Embraer é líder mundial na fabricação de jatos comerciais com até 150 assentos. A companhia conta com 100 clientes em todo o mundo operando os jatos das famílias ERJ e E-Jets. Apenas para o programa de E-Jets, a Embraer registrou quase 1.800 pedidos firmes e 1.500 entregas, redefinindo o conceito tradicional de aeronaves regionais.

Publicidade

Leia Também:

Anterior:

Próxima: