CHINA COLOCA EM OPERAÇÃO COMERCIAL A PRIMEIRA REATOR NUCLEAR EPR DO MUNDO NA USINA NUCLEAR DE TAISHAN -


17. dez, 2018

AAAAA unidade 1 da usina nuclear de Taishan, na província de Guangdong, concluiu todo o trabalho de comissionamento e está qualificada para operação comercial. A informação é da  China General Nuclear (CGN).  Será o primeiro reator EPR a entrar em operação comercial no mundo. Taishan 1 completou um teste de demonstração contínua de energia total de 168 horas.   Ao término desses  testes e  CGN em um comunicado à Bolsa de Valores de Hong Kong, embora a companhia chinesa  ainda tenha as  licenças e documentação necessárias, a unidade agora é considerada em operação comercial. “O resultado bem-sucedido deste teste marca a obtenção de todas as condições prévias para a operação segura do reator”, disseram a CGN e a EDF em um comunicado de imprensa conjunto.

Taishan 1 e 2 são os dois primeiros reatores baseados no projeto EPR a serem construídos na China. Eles fazem parte de um contrato de 8 bilhões de euros assinado pela Areva, hoje Framatome,  e pela CGN em novembro de 2007. O projeto Taishan – 140 quilômetros a oeste de Hong Kong – é propriedade da Companhia de Energia Nuclear de Guangdong Taishan, uma joint venture entre a EDF (30%) e CGN. A unidade 1 da usina começou a construção em 2009, seguida pela unidade 2 em 2010. Essas duas unidades são a terceira e quarta unidades de EPR em construção no mundo, após o projeto Olkiluoto 3 na Finlândia e o projeto Flamanville 3 na França. O projeto EPR adotado em Taishan foi desenvolvido pela Framatome.


A CGN começou a carregar os conjuntos de combustível no núcleo da Unidade 1 em 10 de abril, após a emissão de uma permissão da NNSA. O reator atingiu a primeira criticidade em 6 de junho e foi ligado à rede em 29 de junho. Taishan 2 – que está na fase de instalação do equipamento – está programado para começar a operar no próximo ano. O presidente e CEO da Framatome, Bernard Fontana, disse que  “Como projetista da EPR, a Framatome ( agora parte do grupo EDF)  tem o prazer de testemunhar o início comercial do projeto Taishan 1, um marco que recompensa os esforços sustentados das equipes com recentes anos.” A Framatome contribuiu com importantes partes do escopo nuclear da usina, incluindo o sistema de fornecimento de vapor nuclear, instrumentação e controle de segurança, aquisição e suporte para montagem e comissionamento.

“A entrada de Taishan 1 em operação marca o cumprimento da tarefa estabelecida pelos chefes de Estado chineses e franceses”, disse He Yu, presidente da CGN. “Como o primeiro projeto EPR do mundo, Taishan oferece valiosas lições e soluções para a construção de reatores semelhantes em todo o mundo e desempenhará um papel demonstrativo e de apoio na construção conjunta do projeto Hinkley Point C no Reino Unido pela CGN e EDF.”

Leia mais: https://petronoticias.com.br/archives/121978


Leia Também:

Anterior:

Próxima: