Avianca Brasil tem pedido de recuperação judicial deferido


Foto: Alexandre Barros

A Avianca Brasil confirmou o deferimento do processamento do pedido de recuperação judicial, determinado pelo Juiz Tiago Henriques Papaterra Limongi, nessa quinta-feira (13/12). O pedido tem como objetivo proteger seus clientes, sua principal prioridade. Com o deferimento, suas operações e passageiros seguem preservados.

A companhia acumula dívida de R$ 493,8 milhões e foi acionada judicialmente devido o não pagamento de parcelas de leasing de algumas de suas aeronaves.

Em 10 de dezembro, a empresa de leasing Aircastle, dos Estados Unidos, emitiu uma queixa de que havia rescindido o arrendamento e havia iniciado processos de reintegração de posse para 10 Airbus A320-200 e um A330-200 operado pela Avianca Brasil, por falta de pagamento.


Uma luz no fim do túnel foi dada hoje pelo presidente Michel Temer, que assinou uma medida provisória que autoriza até 100% de capital estrangeiro em companhias aéreas brasileiras. Com isso já se comenta de uma nova injeção de capital, seja pela United Airlines ou pelo

Segundo matéria da Globonews, a partir de agora, desde que a empresa seja nacional, não importará a origem do capital. Para ser considerada nacional, uma empresa necessita ter sede no Brasil, subordinada à lei brasileira, mesmo que o capital seja estrangeiro.

Publicidade

Leia Também:

Anterior:

Próxima: