Black Friday: a expectativa e a realidade da experiência de compra online no Brasil -


Qual a real influência dos influenciadores de compra?

Há poucos dias da Black Friday, as empresas travam uma verdadeira corrida contra o tempo para deixar tudo pronto para os consumidores digitais. Segundo os dados da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), o e-commerce brasileiro deve fechar 2018 com um crescimento de 15% em relação ao ano anterior. Essa valorização é impulsionada diretamente pela segunda melhor data de vendas para o segmento, a Black Friday.

No entanto, o consumidor online deve ficar atento às promoções desse dia. Apesar das compras pelas internet estarem cada vez mais populares, ainda há muito o que melhorar para oferecer aos clientes um boa experiência de compra. É o que mostra a primeira pesquisa que avalia a qualidade do e-commerce do Brasil, o E-commerce Quality Index (EQI).


A pesquisa foi realizada pela Lett, empresa mineira referência em Trade Marketing Digital, e constatou que em uma escala geral de 0 a 10, o e-commerce brasileiro alcançou uma nota geral abaixo de 6. Um dado preocupante que reflete a insatisfação do consumidor.

Para o estudo, a Lett avaliou mais de 2 milhões de páginas de produtos anunciados em 57  e-commerces no Brasil durante o mês de maio. O índice levou em consideração critérios que vão desde o acompanhamento dos produtos em suas respectivas categorias até a quantidade de informações presentes na descrição do produto.

Rodrigo Carvalho é um dos fundadores da Lett e também ajudou no desenvolvimento da pesquisa do EQI. Para  ele, as empresas pecam quando deixam de oferecer uma boa categorização dos produtos nas páginas do e-commerce, quando há falta de informação como título, descrição e imagens dos itens que estão sendo comercializados. Além disso, o espaço para avaliações e comentários de outros consumidores é fundamental.

Para evitar a insatisfação dos consumidores, o especialista em Trade Marketing Digital orienta: “Como ainda estamos há mais de um mês para a Black Friday, esse é o momento ideal para os clientes pesquisarem. O consumidor deve ficar atento às variações de preço, a  descrição do produto, imagens, as avaliações e comentários das páginas do e-commerce, a segurança do site e a política de devolução da empresa. Parece muita coisa, mas isso o deixará seguro para o momento do checkout”, conclui Rodrigo.

Leia mais: https://ecommercenews.com.br/noticias/dicas/black-friday-a-expectativa-e-a-realidade-da-experiencia-de-compra-online-no-brasil/


Leia Também:

Anterior:

Próxima: