Para Lula, Bolsonaro terá que se entender com o povo, diz Falcão -


CURITIBA  –  O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva acredita que “as coisas vão se assentar” se Jair Bolsonaro (PSL) vencer a eleição no domingo, mas que o capitão reformado “terá que se entender com o povo” e garantir o cumprimento das promessas que fez, relatou nesta quinta-feira (25) o ex-deputado Rui Falcão, que comandou o PT entre 2011 e 2017.

Falcão e a atual presidente da sigla, a senadora paranaense Gleisi Hoffmann, visitaram Lula na superintendência da Polícia Federal em Curitiba, onde ele está preso desde abril.

“Lula acha que coisas vão se assentar se Bolsonaro ganhar, e ele vai ter que se entender com o povo”, disse Falcão, ao ser questionado sobre a agressividade e os ataques que marcaram a campanha eleitoral.


“[Bolsonaro] Vai ter que garantir segurança que prometeu, garantir que o gás de cozinha seja barato, que o Bolsa-Família seja mantido. Ele não vai poder cortar o décimo-terceiro [salário], nem vai poder provocar uma recessão ainda maior no país, e vai ter que fazer a nova política”, disse Falcão.

“Quando você assume o governo, depois de certo tempo a população cobra, mesmo os que apoiaram. Lembre do [ex-presidente Fernando] Collor, uma maravilha, o caçador de marajás: pegou a poupança das pessoas e em seis meses estava liquidado”, ele relatou.

Questionado se Lula acredita que Bolsonaro pode reprisar Collor na Presidência, Falcão esquivou-se e preferiu falar que a eleição ainda está aberta. “Tem chão pela frente.”

Leia mais: https://www.valor.com.br/politica/5949645/para-lula-bolsonaro-tera-que-se-entender-com-o-povo-diz-falcao


Leia Também:

Anterior:

Próxima: