Black Friday gaúcho deve injetar cerca de R$ 500 milhões no comércio

Anúncios Ecompare

Tradicional nos Estados Unidos, o Black Friday já conquistou lojistas e consumidores no Brasil. No Rio Grande do Sul, a previsão é de incremento de R$ 500 milhões no varejo, de acordo com levantamento realizado pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul – FCDL-RS. A entidade varejista destaca, ainda, que os eletroeletrônicos e os produtos da linha branca serão os mais comprados na liquidação.

– Com a popularização do Black Friday, e que muitas lojas transformam em semana de liquidações, não apenas no mundo virtual, mas também de lojas físicas buscam promoções. Por isso, estima-se que as vendas totais relacionadas ao evento cheguem ao patamar de R$ 500 milhões aqui no estado. Este valor corresponde a aproximadamente 6,7% da massa salarial estadual e 1,5% do potencial de consumo – afirma o presidente da FCDL-RS, Vitor Augusto Koch.

VendasDe acordo com o levantamento, a demora na entrega e os depoimentos de reclamações das compras online estão levando o consumidor a comparar preços e qualidade do atendimento das lojas estabelecidas na própria cidade.

Anúncios Ecompare

– Os estabelecimentos comerciais do mundo real também estão preparados para a competição de vendas que ocorrerá no próximo dia 24, muitas vezes ganhando competitividade em relação aos portais do comércio virtual. A diferença de preço entre os dois modelos de venda é cada vez menor – avalia.

A FCDL-RS indica que a melhor estratégia para o consumidor ficar satisfeito com as compras durante o Black Friday é pesquisar não só preço, mas também prazo de entrega, termos de garantia e instalação e procedimentos necessários para a reposição de produtos que cheguem danificados.


Leia Também:
Anterior:

Próxima:
banner