Camerata de Violões se apresenta com entrada franca na Fundação Ema Klabin

No sábado, 18 de junho, às 16h30, o grupo Camerata de Violões Infanto-Juvenil do Guri se apresenta na Fundação Ema Klabin, com entrada franca, pelo programa Tardes Musicais. Sob a regência do maestro Pietro Carlo Corrêa, o grupo trabalha essencialmente repertórios com base na trajetória do violão brasileiro do século XX.

Nessa apresentação o público poderá apreciar, ao som de uma camerata de violões, um repertório bem diversificado, desde os compositores eruditos como Vivaldi e Villa- Lobos, passando por Pixinguinha, Phillip Glass até os mais pops como Jimmy Page e Robert Plant.

Conheça a coleção de obras de arte da casa – museu sob a ótica do colecionador

Camerata de ViolõesNa formação das grandes coleções, discute-se o período, o contexto histórico, seu desenvolvimento e como culminaram nos acervos dos grandes museus. Mas a figura do colecionador é pouco discutida nestes estudos, exceto quando se torna figura central para justificativa das escolhas. A proposta da visita temática “O Colecionador” que acontece das 14h30 às 16h, com entrada franca é pensar quem é a figura do colecionador e quais são os estímulos que levam alguém a colecionar.

A Fundação Ema Klabin abriga um valioso acervo de mais de 1500 obras, entre pinturas do russo Marc Chagall e do holandês Frans Post, talhas do mineiro Mestre Valentim, mobiliário, peças arqueológicas e decorativas. A casa de 900 m² foi inspirada no Palácio de Sanssouci, em Potsdam, Alemanha e tem um jardim assinado por Burle Marx.

Serviço:

Data: 18 de junho

14h30 às 16h – Visita Temática – O Colecionador

Sem agendamento

16h30 – Programa Tardes Musicais:Camerata de Violões Infanto – Juvenil do Guri – 180 lugares

Entrada Franca

Livre

Fundação Ema Klabin

Endereço: Rua Portugal, 43, Jardim Europa – São Paulo.

Tel.: 11 3897-3232

www.emaklabin.org.br




Leia Também:
Anterior:

Próxima:

Publicidade